Sexta-feira, 12 de Janeiro de 2007

Entevista Deborah Secco

Foi um ano longe das novelas, mas os holofotes continuaram voltados para Deborah Secco. O motivo? O namoro com Marcelo Falcão, vocalista da banda “O Rappa”. Falou-se em amor eterno entre os dois, em crises, términos... até que o casal resolveu se separar. E mais uma vez, as atenções se voltaram para a estrela.
Solteira, Deborah admite em entrevista exclusiva ao EGO que sofreu durante o namoro com Falcão, mas que já virou essa página.
“O sofrimento é durante o processo”, garante a atriz, que não perdeu o sonho de voltar a se casar – ela dividiu o mesmo teto com o diretor Rogério Gomes, que está entre as pessoas mais importantes da sua vida.
Enquanto o novo amor não vem, Deborah voltou ao batente na novela “Pé na jaca”, continua sendo a mesma menina sapeca, que deu entrevista sem sapatos com os pés em cima da cadeira, e muito espontânea.

“Não sou uma mulher incrível.” 



01. O fim de 2006 foi marcado por mudanças. Novo trabalho, fim de noivado... como está se sentindo?
Foi um ano de reinício. Pela primeira vez na minha vida fiquei um ano de férias. Fiz uma novela atrás da outra e isso faz você ir perdendo a vontade de realizar algo diferente. Foi um reencontro profissional. Uma Deborah com vontade de trabalhar.

02. Em Pé na Jaca, você é uma noviça. Qual o lado puro da Deborah que poucos conhecem?
As pessoas não conhecem a Deborah. Sou super sensível. Sou excessivamente carinhosa. Às vezes minha mãe, Silvia Secco, fala: me larga, você é muito melada. Sou uma pessoa completamente comum. Meu motorista, PC, é meu melhor amigo. Sabe, se eu pudesse escolher o dia perfeito, seria acordar de manhã, ir à praia, jogar vôlei, com quem joga mal, sou péssima. Ver o sol se pôr, as estrelas, chegar em casa e comer arroz, feijão, farofa, batata frita e ovo. Ver um filme de amor, chorar e dormir. Ou então, juntar três amigos comprar pão e mortadela e ficar em casa, ouvindo música.

Sou uma pessoa completamente comum


03. Nos últimos três anos o rock fez parte da sua trilha sonora. E agora?
Muita MPB. Pobre do meu motorista, PC, que tem que me agüentar. Coloco as músicas no carro e começo a cantar. Sou completamente fã da Vanessa Da Mata. Quero que ela cante no meu casamento. Me apego as coisas simples e não as materiais. O meu carro antigo estava caindo aos pedaços e só troquei agora.

04. Voltando à novela, sua personagem é irmã da Fernanda de Freitas. Vocês são parecidas fisicamente. Isso pode ofuscar o brilho de cada uma?
Não, nunca. Fernanda é uma atriz com um potencial incrível. Adoro fazer música (risos), quer dizer, adoro rimar. E ela também. Nós somos bobas, crianças. Sou muito madura em um aspecto e muito infantil em outro. Amo imitar a Xuxa. Chego no Projac e falo: oi amiguinhos é tão bom estar com vocês. Quando vou embora da gravação, falo: quem vai ganhar a marquinha hoje?, Tchau amiguinhos, nave Xuxa se despedindo da terra. Beijinho, beijinho e até amanhã (risos). Sou leve, a Fernandinha também é assim.

Amo imitar a Xuxa


05. E a parceria com a Juliana Paes? Vocês trabalham juntas em “Pé na Jaca”, tem o mesmo empresário, Ike Cruz...
Amo a Jú. É a mulher mais linda do mundo. Ela me odeia quando como 12 brigadeiros e não engordo (risos). Não faço musculação, não faço nada mesmo. A mulher já tem que fazer muita coisa. Tem que ser dona-de-casa, tem que ser filha, tem que ser mulher, tem que depilar...é muita função. Me permito não ser perfeita. Não sou uma mulher incrível. Nas minhas fotos devem ter um monte de retoque. Tenho total consciência que sou uma menina bonitinha. Se eu não fosse da televisão, ia passar despercebida na rua.

Nas minhas fotos devem ter um monte de retoque


06. Em “América”, você foi muito criticada. Tem medo disso se repetir?
Sempre fui criticada. A Darlene, a Íris também foram assim... Quando as pessoas apontam, eu já vou ter visto 80 coisas a mais. Não me atinge. Vejo novela anotando os meus erros. Antes de alguém tentar me magoar, eu mesma já me magôo.

07. Além do trabalho, tem pensado em sair do time das solteiras? O seu coração está fechado para balanço?
Sou uma pessoa que sofro, como qualquer outro ser humano. Choro, me debato. O sofrimento é durante o processo. Acho bacana porque você resolve uma história. Coloca um ponto final sem ficar na dúvida.

Sou uma pessoa que sofro, como qualquer outro ser humano


08. Depois das últimas experiências amorosas, quem seria o seu parceiro ideal?
São pessoas parecidas comigo. De simplicidade, de família, de amigos, de receber em casa, com os mesmos valores de tratar as pessoas, ou seja, com igualdade.

09. Por que você e o Marcelo Falcão terminaram? Tem volta?
Deu certo durante três anos. Convivi com uma pessoa incrível, muito do bem, com uma família incrível, com quem aprendi muita coisa, mas o motivo que chegou ao fim é muito particular, que vamos guardar para gente. Ele vai continuar sendo uma pessoa que adoro, que vou ser amiga, que quero ter perto.

10. Já pensou o que vai fazer com as tatuagens ( Falcão, amor verdadeiro, amor eterno e Jet)?
Estou maquiando, mas ainda não pensei. Acho que incomoda mais aos outros do que a mim. Não olho para elas o tempo inteiro.

11. Existe mais de um amor verdadeiro na vida?
Não acho que o amor acabe, é transformado. O meu primeiro marido, Rogério Gomes, por exemplo, foi uma pessoa que amei profundamente e que amo hoje de outra maneira. Não como homem, como ser humano. Acho que o amor verdadeiro torna uma pessoa inesquecível no menor tempo que seja. Tem várias formas de se amar. Tenho um amor pelo meu pai, Ricardo Secco, por exemplo. Escrevi um poema para ele, há uns anos, em que eu falava o quanto ele é perfeito como pai, mas também vai ser tão difícil um homem que substitua tudo o que ele é.

Não acho que o amor acabe, é transformado


12. Metas para 2007. Um novo amor?

Espero ter muita saúde e paz. O Papinha (Rogério Gomes, ex-marido) tem um ditado que eu sempre levo comigo. Saúde e paz. O resto a gente corre atrás. Quero terminar a novela e ficar um tempo de férias, três meses fora, viajando de carro pela Europa. E diz a lenda que vou mudar de casa em 2007. A obra deve terminar em fevereiro.

  

fonte: ego

publicado por . às 10:59
link do post | comentar | favorito

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.posts recentes

. Último Post: E o final fo...

. Resultado da Votação!

. Fotos de Deborah Secco!

. Final de Pé na Jaca!

. Entrevista: Murilo Benici...

. Rodrigo Lombardi já escol...

. Murilo Benício abre casa ...

. Deborah Secco em "Paraiso...

. Fernanda Lima vai substit...

. Deborah Secco vai partici...

.arquivos

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

. Janeiro 2007

.links

.participar

. participe neste blog

blogs SAPO

.subscrever feeds